Nosso Whatsaap

Nos Adicione No Seu Whatsaap E Fique Por Dentro De Tudo !

(00) 0000-0000

Enviado
>
Nosso Facebook

Nos Siga No Seu Facebook e Aproveite As Promoções !

Clique Para Seguir

Nosso Instagram

Nos Adicione No Seu Instragam e Veja as Nossas Fotos !

Clique Para Seguir

Nosso Twitter

Nos Siga No Seu Twitter e Veja A Nossa Programação Diaria !

Clique Para Seguir

Nosso player

Coloque Nosso Player em Sua Rádio Com o Link Abaixo!

Acesse Nossa Pagina

Clique Aqui

Faça Seu Pedido
Nome:
Email:
Cidade:
Artista ou Musica:
 
Tocando:
Sobre:brasil

O âncora do "Brasil Urgente", José Luiz Datena, decidiu disputar a Prefeitura de São Paulo em 2016. Depois de conversas mantidas com dois outros partidos, PSB e PSDB, mais na base da consulta, o jornalista participou no começo da noite desta terça-feira (28) de uma reunião com o deputado Guilherme Mussi, genro de Silvio Santos, e ficou decidido o lançamento da sua candidatura pelo Partido Progressista (PP).  Mussi é namorado de Rebeca Abravanel, filha número cinco do dono do baú.

Datena afirma que vai compor a chapa com o deputado estadual e delegado Antonio Assunção de Olim, como seu vice, segundo ele, uma personalidade identificada pela sociedade brasileira com a segurança pública.

Consultado, Datena afirma ainda que, mesmo se for procurado, não haverá espaço para coligações com outros partidos. Sobre a responsabilidade de governar a cidade, assegura que poucos conhecem tão bem os problemas de São Paulo como ele.

Não é a primeira vez que Datena recebe esse tipo de proposta. Em 2011,circularam notícias de que o apresentador teria recebido convite para concorrer à Prefeitura de São Paulo no ano seguinte, mas nunca foram confirmadas oficialmente.

Com seu estilo direto, Datena já fez muitos comentários sobre política e administração pública ao longo dos anos. Também já entrevistou políticos e candidatos em seu programa, como José Serra, Dilma Rousseff, Geraldo Alckmin e Fernando Haddad. Serra foi um dos mais assíduos do programa, chegando a ser entrevistado duas vezes por Datena no período de dois meses.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Datena afirmou que não gosta da ideia de se tornar uma pessoa "light" e poderia ter problemas, caso essa fosse uma das exigências do partido. "Você acha que algum partido é capaz de me controlar? Quando não concordei com ideias em emissora de televisão [Record], saí e paguei. Isso já disse para os caras [que me convidaram]: se vocês acham que vou ser uma pessoa que vocês querem e não a que sou, vamos parar a conversa por aqui", disse ele.

Atualizado em 2015-07-28 23:55:54
Sobre:destaques

O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal do Paraná, aceitou nesta terça-feira (28) a denúncia formal do MPF (Ministério Público Federal) contra o presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e mais 12 citados por crimes de corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro no âmbito da operação Lava Jato.

Com a decisão, Marcelo Odebrecht, dono da maior empreiteira do país, é agora réu em ação penal da Lava Jato, que investiga um esquema bilionário de corrupção na Petrobras. Outros citados na decisão de Moro são o doleiro Alberto Youssef, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, e o ex-gerente da estatal Pedro Barusco. Os três já estão presos e colaborando com as investigações na forma de delações premiadas.

Marcelo Odebrecht e o presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques Azevedo, estão presos preventivamente desde junho e foram denunciados por corrupção, junto com outras 20 pessoas.

Segundo a decisão da Justiça, grandes empreiteiras do Brasil, "especificamente a OAS, Odebrecht, UTC, Camargo Corrêa, Techint, Andrade Gutierrez, Mendes Júnior, Promon, MPE, Skanska, Queiroz Galvão, IESA, Engevix, SETAL, GDK e Galvão Engenharia, teriam formado um cartel, através do qual, por ajuste prévio, teriam sistematicamente frustrado as licitações da Petrobras para a contratação de grandes obras, e pagariam sistematicamente propinas a dirigentes da empresa estatal calculadas em percentual sobre o contrato".

Ainda de acordo com o texto, o ajuste prévio entre as empreiteiras "eliminava a concorrência real das licitações e permitia que elas impusessem o seu preço na contratação, observados apenas os limites máximos admitidos pela Petrobras (de 20% sobre a estimativa de preço da estatal)".

O MPF oficializou a denúncia na última sexta-feira (24) e pediu o ressarcimento de mais de R$ 7 bilhões aos acusados.

Segundo a denúncia, o grupo Odebrecht teria pago propina a dirigentes da Petrobras em seis obras e contratos com a estatal. Destes, cinco são consórcios que envolvem outras empreiteiras além da Odebrecht na refinaria Presidente Getúlio Vargas, na região metropolitana de Curitiba; na refinaria Abreu e Lima, em Ipojuca (PE); em duas obras no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro; e para a construção do prédio sede da Petrobras em Vitória.

A sexta menção à Odebrecht foi um esquema no contrato de fornecimento de combustível nafta da Petrobras para a Braskem, empresa controlada pela Odebrecht, especificamente para cobrança de preço inferior ao preço internacional de comercialização. A propina seria na ordem de US$ 5 milhões de dólares por ano de duração do contrato à Diretoria de Abastecimento da Petrobras.

Veja a lista dos 13 réus da Lava Jato da ação penal, além de suas respectivas funções no esquema criminoso:

1) Alberto Youssef, doleiro que teria intermediado o pagamento de propina à Diretoria de Abastecimento da Petrobras;

2) Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, então diretor de empresas do Grupo Odebrecht e da Braskem Petroquímica, tido como diretamente responsável pela negociação de propinas nos contratos entre a Braskem e a Petrobras;

3) Bernardo Shiller Freiburghaus, citado como operador financeiro responsável por intermediar o pagamento de propinas no exterior para a Odebrecht;

4) Celso Araripe D'Oliveira, citado como gerente de empreendimento da Petrobrás beneficiário da propina;

5) Cesar Ramos Rocha, diretor de cinco empresas do grupo Odebrecht que estaria 

Atualizado em 2015-10-20 05:49:43
Fotos Videos
Todos
Baladas
Todas
01
Out
Show Lucas Luco
Nunca Para Vem Que Vem !
20
Set
Show Jads e Jadson
Teste
01
Nov
Show Zeze De Camargo
Sua Melhor Opção Para Sair !
1
Lucas Lucco
11 Vidas
2
Luan Santana
Meteoro
3
Cristiano Araújo
É Com Ela Que Estou
4
Arrasta Crente
Adore a Ele
5
Banda Som e Louvor
Festa de Crente
6
Charles Ben
Te Agradecer
7
Helber Oliveira
Nova Vida
8
Banda Ello
Ele ? gra
9
Banda Shalom
Pode Chorar
10
Forr? Fogo e Gloria
Forrozeiro Adorador